Cartão de Crédito | Quando já não o Controla…

Vamos lá, admitamos que todos somos responsáveis e disciplinados na utilização de um cartão de crédito.

Na verdade, não aceitamos que ninguém nos diga como devemos utilizar o nosso cartão de crédito ou com devemos gerir o nosso dinheiro.

dicas controlar cartão de crédito

dicas controlar cartão de crédito

Somos todos responsáveis e suficientemente capazes para administrar o nosso dinheiro.

Era bom que assim fosse, este artigo não teria qualquer importância e o que por aqui vou escrever era pura ilusão e completo desconhecimento da realidade.

Mas não o é, na verdade, dificuldades para pagar a divida do cartão é algo comum a muitos utilizadores do cartão de crédito e, também é verdade, que antes de possuírem dificuldades eram capazes e disciplinados o suficiente para administrar o dinheiro e cartão de crédito.

QUANDO JÁ NÃO CONTROLA O CARTÃO DE CRÉDITO

Independentemente de possuir um cartão de crédito ou estar a pensar em pedir um cartão de crédito, este artigo permite ao leitor antecipar, prevenir e bloquear eventuais sinais de descontrolo do cartão de crédito.

Leia Também:  Continua a Pagar o Mínimo do Seu Cartão de Crédito?

Este artigo ser-lhe-á útil de qualquer forma, por isso não deixe de o ler até ao fim.

UTILIZA O CARTÃO DE CRÉDITO PARA TODAS AS SUAS COMPRAS

Se o leitor já consultou o artigo sobre as 3 Dicas Fundamentais para o seu Cartão de Crédito então sabe que estipulamos um montante mínimo que serve de barreira para a utilização ou não do cartão de crédito.

É certo que se possui um programa de pontos ou cash back no seu cartão de crédito a utilização frequente poderá ser uma estratégia inteligente, no entanto, ela só é valida e rentável caso pague o seu cartão a 100% todos os meses. Se não o fizer estará a pagar juros elevados que penalizam qualquer sistema de pontos que possua-

Utilizar o cartão de crédito para todas as transações poderá ser um excelente exemplo de que já não controla o seu cartão de crédito.

Leia Também:  Juros Cartão de Crédito | Está a PerdendoDinheiro

NÃO SAI DE CASA SEM O SEU CARTÃO DE CRÉDITO

Bem aqui não é preciso falar muito porque o leitor certamente compreenderá que se não sai de casa sem o seu cartão crédito é porque se sente dependente do mesmo.

Existem duas razões neste tipo de atitude, ou o leitor compreende os benefícios da utilização e tenta se manter disciplinado ou o leitor sente uma necessidade acrescida de utilizar o cartão de crédito para manter o seu nível de vida e hábitos de consumo.

A primeira razão não apresenta perigo de maior, no entanto, já a segunda razão irá trazer eventuais conflitos no futuro e problemas acrescidos. É bom que fique atento.

A CADA EXTRACTO COMEÇA UMA NOVA CRUZADA

Um utilizador consciente do cartão de crédito a cada extracto mensal sente que esse extracto é o primeiro e o ultimo, pois o conteúdo do mesmo é um espelho da utilização mensal e do montante de liquidação total que vai efetuar.

Basicamente, um utilizador consciente a cada extracto mensal pode simplesmente deixar de utilizar o cartão de crédito que não terá qualquer encargo com essa opção nem receberá extractos com montantes para pagar: utiliza pagamento do cartão a 100%.

Leia Também:  Cartões de Crédito e Capacidade Financeira

Todavia existe utilizadores que a cada extracto inicia-se uma nova cruzada, pois fica sempre algo para pagar e a dúvida no ar de quando é que conseguirá pagar a totalidade do cartão. Muitos são os que dizem que vão parar de utilizar o cartão mas cedem à primeira tentação.

E mais um pagamento mínimo e nova contagem de juros elevados por sinal que pressionam qualquer orçamento individual ou familiar.

Para o próximo mês vou acabar com o cartão de crédito… Quando receber os subsídios de férias ou natal vou pagar o cartão de crédito… Bem, tenho que parar de utilizar o cartão de crédito e pagar a divida…

Rate this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *